Última hora

Última hora

Polícia avança contra bloqueio de depósitos de combustível

Em leitura:

Polícia avança contra bloqueio de depósitos de combustível

Tamanho do texto Aa Aa

O braço de ferro entre os opositores à reforma do sistema de pensões e o governo tem como centro o aprovisionamento de combustíveis. Nicolas Sarkozy deu ordens expressas para desimpedir o acesso aos depósitos de combustível em todo o país.

E a acção das autoridades começou esta madrugada. A polícia de choque desimpediu três depósitos mas mais tarde outros foram bloqueados por grevistas, em particular, em Marselha. O executivo tinha garantido que não haveria problemas de abastecimento apesar da paralisação de 12 refinarias.

O ministro do Interior explica porque foi reforçada a acção juntos aos depósitos de combustível. “A zona ocidental de França está bastante ameaçada com falta de combustível e é essencial desimpedir os acessos aos depósitos para que fiquem totalmente operacionais e que a actividade normal seja retomada”, referiu Brice Heurtfeux.

Por outro lado, várias cidades têm sido palco de violentos confrontos entre jovens e a polícia.

Elementos radicais têm-se infiltrado nas manifestações pacíficas e provocando desacatos e vandalismo.