Última hora

Última hora

Polícia mobilizada para controlar protestos violentos em França

Em leitura:

Polícia mobilizada para controlar protestos violentos em França

Tamanho do texto Aa Aa

A cidade francesa de Lyon mantém-se alerta, depois de novos confrontos entre a polícia e manifestantes esta manhã.
 
As autoridades continuam a patrulha às principais artérias da cidade, onde os protestos contra a reforma no sistema de pensões em França degeneraram em actos de vandalismo e pilhagens.
 
Várias pessoas foram detidas. Alguns são jovens que revelam desconhecimento sobre as questões sociais, motivo pelo qual o presidente da Câmara de Lyon, Gérard Collomb, já veio dizer que a violência nada tem a ver com a contestação nacional.
 
O ministro francês do Interior deslocou-se à cidade para avaliar a dimensão dos estragos e deixou uma mensagem de tranquilidade à população: “Vim até Lyon para assegurar aos habitantes que este tipo de violência vai ser punida. A polícia e a justiça estão mobilizadas e não vamos permitir que pequenos grupos de arruaceiros transformem partes do país em campos de batalha”, disse Brice Hortefeux.
 
Foi precisamente num campo de batalha que se transformaram também algumas ruas de Nanterre, nos arredores de Paris, onde a polícia recorreu a gás lacrimogéneo para dispersar os manifestantes.