Última hora

Última hora

Remodelação do governo em Espanha

Em leitura:

Remodelação do governo em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

José Luis Rodríguez Zapatero anunciou esta quarta-feira uma importante remodelação do governo.
 
María Teresa Fernández de la Vega, há seis anos a número dois do governo de Zapatero, é substituída por Alfredo Perez Rubalcaba.
 
Actualmente ministro do Interior, Rubalcaba passa também a ter a pasta de vice-primeiro-ministro. Uma ascensão explicada pela sua popularidade na luta contra a ETA.
 
Trinidad Jiménez passa a liderar o Ministério dos Negócios Estrangeiros e herda o dossier problemático das relações entre a Espanha e a Venezuela, Gibraltar e Marrocos. Sai Miguel Angel Moratinos, que acompanhava Zapatero desde 2004.
 
Celestino Corbacho deixa o Ministério do Trabalho para integrar as listas do PSOE nas eleições regionais da Catalunha. É substituído por Valeriano Gómez.
 
Há ainda mudanças na liderança das pastas da saúde e do ambiente. Numa altura em que o país é obrigado a apertar o cinto, os ministérios da Habitação e da Igualdade são eliminados e passam a integrar o Fomento e a Saúde.
 
A remodelação acontece num momento de desgaste político de Zapatero. A 29 de Setembro, uma greve geral contra a reforma laboral paralisou o país.