Última hora

Última hora

Belga julgada culpada de morte de rival amorosa

Em leitura:

Belga julgada culpada de morte de rival amorosa

Tamanho do texto Aa Aa

Na Bélgica, uma mulher de 26 anos foi considerada culpada pela morte de uma sua rival amorosa.

Els Clottemans, uma professora flamenga, teria sabotado o pára-quedas da sua rival, Els Van Doren de 38 anos de idade, antes de um salto.

Ambas partilhavam o mesmo amante e faziam parte do mesmo clube de pára-quedismo.

Na quarta-feira, o tribunal em Bruxelas emitiu a decisão. O juíz leu o veredicto do júri que deliberou durante cinco horas sobre a culpa e a premeditação da ré.

Para esta quinta-feira está prevista a emissão da sentença final que poderá ir de três anos até prisão perpétua.

Els Clotteman contudo mantém a sua inocência.

O caso tem suscitado um enorme interesse no país o que levou à transmissão em directo da decisão do júri.

O caso remonta a Novembro de 2006, ambas as mulheres, juntamente com 10 outros pára-quedistas efectuaram um salto de um avião a 4,500 metros de altura.

Van Doren acabaria por cair num jardim tendo morrido instantaneamente.