Última hora

Última hora

Turquia: Discussão sobre porte de véu islâmico nas universidades continua

Em leitura:

Turquia: Discussão sobre porte de véu islâmico nas universidades continua

Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia, o partido no poder e a oposição discutem um possível compromisso a fim de eliminar a proibição do uso do véu islâmico nas universidades.

O procurador-geral do país alertou esta quarta-feira que o levantamento da interdição coloca em causa a laicidade nacional, o que intensificou ainda mais o debate sobre esta matéria.

O presidente da Assembleia Nacional Turca, Mehmet Ali Şahin, reagiu a esta declaração dizendo esperar que o procurador a “retire imediatamente e peça desculpa à Nação turca e ao parlamento que representa o país”.

O Governo do primeiro-ministro Tayyip Erdogan continua a procurar apoios para eliminar a proibição, mas o maior temor dos sectores laicos é que, caso se permita a entrada de mulheres com véu nas universidades, haja pressão para que o resto siga este costume islâmico.

Expressão da luta do partido AKP, no poder, pela primeira vez, a mulher do chefe de Estado turco participou numa cerimónia oficial, embora coberta com o véu. Durante a juventude, não prosseguiu os estudos no Ensino Superior no país porque recusou deixar um símbolo da identidade à porta da Universidade.