Última hora

Última hora

Férias acalmam protestos de estudantes em França

Em leitura:

Férias acalmam protestos de estudantes em França

Tamanho do texto Aa Aa

Após vários dias de intenso movimento estudantil contra a reforma das pensões em França, o protesto parece perder força.

Uma das razões é o facto de começar esta sexta-feira uma período de duas semanas de férias. De acordo com dados divulgados pelo Ministério da Educação esta sexta-feira apenas 185 liceus sofriam perturbações devido ao movimento estudantil.

Na terça-feira, dia de maior afluência, 379 estabelecimentos de ensino secundário sofriam perturbações.

Elena Sauterey, estudante de um liceu parisiense, reconhece o impacto das férias no movimento, mas acredita que “com o início das aulas as manifestações vão ser retomadas.”

Em Lyon, Ismael pensa que “o protesto vai parar durante as férias, mas é preciso começar já a organizar as manifestações para o início das aulas.”

Os 185 liceus com perturbações representam 4,3% da totalidade dos 4302 liceus franceses. Na quinta-feira, o número de estabelecimentos do ensino secundário afectados pelo movimento estudantil era de 312.