Última hora

Última hora

França desbloqueia refinarias e sindicatos anunciam novos dias de greve geral

Em leitura:

França desbloqueia refinarias e sindicatos anunciam novos dias de greve geral

Tamanho do texto Aa Aa

A forte mobilização contra a reforma das pensões em França está a ter consequências importantes no dia-a-dia do país.

A escassez de combustível é uma destas consequências e o governo enviou a polícia de choque para a principal refinaria da região parisiense bloqueada nos últimos dez dias por grevistas que protestam contra o projecto de reforma das pensões.

A polícia permitiu a entrada e a saída dos camiões cisterna que abasteceram em seguida as estações de serviço da região de Paris, Île-de-france.

O ministro da Ecologia e da Energia francês, Jean-Louis Borloo, afirmou que “há três dias havia 40% das estações de serviço sem combustível. Há dois dias havia 30% e hoje estamos em 21%. Há por isso uma melhoria progressiva e o nosso objectivo é fornecer combustíveis a todo o país.”

A grande prioridade de Paris, de acordo com Borloo, é o abastecimento das estações de serviço que se encontram nas auto-estradas para que os franceses possam aproveitar o período de férias de 15 dias que tem início este sábado.

Apesar de terem perdido uma batalha os sindicatos consideram não ter perdido a guerra e convocaram dois novos dias de mobilização geral para 28 de Outubro e 06 de Novembro.