Última hora

Última hora

Senado francês aprova reforma do sistema de pensões

Em leitura:

Senado francês aprova reforma do sistema de pensões

Tamanho do texto Aa Aa

O Senado francês aprovou esta sexta-feira a polémica reforma do sistema de pensões, que prevê um aumento da idade mínima de aposentação dos 60 para os 62 anos, a partir de 2018.
 
A idade para receber a pensão completa sobe também dos 65 para os 67 anos.
 
O projecto foi aprovado com 177 votos a favor e 153 contra.
 
O documento deverá passar agora por uma comissão parlamentar, que se reunirá na próxima segunda-feira para elaborar um texto definitivo. Precisa ainda de passar pelo Conselho Constitucional, a maior autoridade legal de França.
 
A reforma no sistema de pensões apresentada pelo Governo esbarra na contestação popular, que nos últimos dias intensificou o braço-de-ferro com paralisações e protestos que degeneraram em violência em várias cidades do país.
 
De acordo com o Governo, estas medidas são indispensáveis para a preservação do sistema por repartição, no qual as pensões são financiadas pelos ativos.
 
Sem estas alterações, o financiamento do sistema de pensões conheceria, segundo as contas do Governo francês, um défice de perto de 44 mil milhões de euros em 2018.