Última hora

Última hora

Brasil: Serra garante que não vai privatizar petrolífera Petrobras

Em leitura:

Brasil: Serra garante que não vai privatizar petrolífera Petrobras

Tamanho do texto Aa Aa

Lula da Silva é o homem a abater para José Serra.
A uma semana da segunda volta das presidenciais brasileiras, o candidato social-democrata acusou Dilma Roussef de estar a utilizar a máquina do Estado para fazer campanha.

Numa última manobra para seduzir os indecisos, Serra garantiu, pela primeira vez, que não pretende privatizar a companhia petrolífera Petrobras.

“Eu defendo a Petrobras como uma companhia estatal que deve servir o povo brasileiro e não como cabide de emprego, como instrumento de negócio”.

O candidato do PSDB rejeita assim as acusações da campanha adversária que insistiam nas intenções de Serra em privatizar a petrolífera.

Serra fez campanha, este domingo, na zona Sul do Rio de Janeiro, enquanto Dilma se concentrou na zona Oeste da cidade, nos bairros mais pobres.

Os dois candidatos tentam amealhar os votos da ecologista Marina Silva que, na primeira volta ficou em segundo lugar no Rio, depois de Serra.

Marina, uma das vozes mais críticas da desflorestação da Amazónia decidiu não dar indicação de voto aos seus eleitores, sublinhando a ausência das questões ambientais na campanha dos dois grandes partidos.