Última hora

Última hora

Grécia pede ajuda à UE face a afluxo de imigrantes

Em leitura:

Grécia pede ajuda à UE face a afluxo de imigrantes

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia pede ajuda à União Europeia face ao forte afluxo de imigrantes clandestinos.

Nos primeiros seis do ano, foram detidas quarenta mil pessoas nas fronteiras dos 27.

A esmagadora maioria, 3/4, entrou pela Grécia.

Muitos chegam através da fronteira turca.

Atenas diz que não tem capacidade para acolher tanta gente. A ONU denuncia as condições inumanas dos centros de detenção.

Em Bruxelas, um porta-voz da Comissão Europeia sublinhou que “é a primeira vez que um Estado-membro, neste caso a Grécia, solicita a intervenção das equipas de intervenção rápida (RABIT) desta vez na fronteira entre a Grécia e a Turquia”.

A Comissária para os Assuntos Internos, Cecilia Malmstroem, garantiu que a Grécia vai beneficiar de forma concreta da solidariedade europeia na gestão das fronteiras exteriores.

Mas Bruxelas ainda não anunciou quantos guardas fronteiriços europeus vão ser enviados.