Última hora

Última hora

Sérvia: Mais perto da adesão à União Europeia

Em leitura:

Sérvia: Mais perto da adesão à União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Após meses de impasse político, Bruxelas vai analisar a candidatura da Sérvia à União Europeia.

O pedido tinha sido apresentado em 2009.

O relatório da Comissão Europeia será divulgado no segundo semestre de 2011.

Para vários países europeus, a decisão de hoje é uma forma de recompensar os esforços feitos no dossiê do Kosovo.

Belgrado aprovou uma resolução da ONU que apela ao diálogo entre as duas partes.

O vice-ministro para as questões europeias,
Bozidar Djelic, diz-se satisfeito com a decisão dos 27 ministros dos Negócios Estrangeiros:

“A Sérvia está extremamente satisfeita com o resultado da reunião de hoje. Estamos felizes, sobretudo porque a decisão foi tomada por unanimidade. Gostaria de reiterar que a Sérvia fará tudo ao seu alcance para encontrar e extraditar os dois fugitivos de Haia, para que se faça justiça.”

O Tribunal Penal Internacional exige a detenção do Ratko Mladic acusado de genocídio e do antigo chefe político dos sérvios da Croácia, Goran Hadzic.

A Sérvia está sob pressão para colaborar de forma mais intensa com o tribunal de Haia.

Jean-Michel De Waele, analista da Universidade Livre de Bruxelas, faz o ponto da situação:

“Será que a Sérvia fez realmente tudo o que podia fazer para encontrar os criminosos de guerra? Alguns dizem que sim, e definitivamente não se pode pedir mais à Sérvia. Pedir mais é criar dificuldades aos democratas que estão no poder. Mas há quem diga que a Sérvia não cumpriu com 100 % do programa”.

No texto adoptado hoje, os 27 sublinham que o avanço da candidatura do país depende da plena colaboração das autoridades de Belgrado com a justiça internacional.