Última hora

Última hora

Cuba abre caminho à criação das primeiras empresas privadas

Em leitura:

Cuba abre caminho à criação das primeiras empresas privadas

Tamanho do texto Aa Aa

A crise económica em Cuba abre as portas do regime comunista ao capitalismo. O plano de austeridade que entra hoje em vigor tem os contornos de uma reforma do sistema, ao ampliar o trabalho por conta própria.

Para reduzir o número de funcionários públicos o governo vai permitir a criação das primeiras pequenas empresas privadas.

“No jornal oficial ainda há muitas contradições sobre este novo sistema laboral e é difícil estar ao corrente de todas as modificações da lei. É a primeira vez que tenho a oportundidade de obter uma licença, algo que sempre quis, mas como pode imaginar, não é simples entender toda a burocracia”.

No total, 500 mil funcionários públicos poderão candidatar-se a licenças de trabalho em 83 áreas distintas. Uma medida com que o governo espera amealhar mais de mil milhões de dólares com os novos impostos profissionais que oscilam entre 25 e 50% do rendimento de cada trabalhador.