Última hora

Última hora

Iraque: braço direito de Saddam condenado à morte

Em leitura:

Iraque: braço direito de Saddam condenado à morte

Tamanho do texto Aa Aa

Tarek Aziz, o antigo braço direito de Saddam Hussein, foi condenado à pena de morte pela eliminação de elementos de partidos xiitas.

O Supremo Tribunal do Iraque condenou também à pena capital Sadoun Shakir, antigo ministro do Interior e Abed Hamoud, que foi secretário pessoal de Saddam Hussein.

Tarek Aziz, de 74 anos, foi vice-primeiro-ministro de Saddam Hussein e ministro dos Negócios Estrangeiros durante a invasão do Kuweit, há 20 anos.

Rosto do Governo iraquiano, representou o regime nas capitais estrangeiras e nas Nações Unidas.

Em 2003, encontrou-se com o Papa João Paulo II para alertar sobre os perigos de uma invasão militar norte-americana.

Em Abril do mesmo ano, rendeu-se às tropas norte-americanas, duas semanas após a invasão do Iraque pelos Estados Unidos.

Tarek Aziz cumpria quinze anos de prisão pela execução de 42 comerciantes no Iraque em 1992 e sete anos pela deportação forçada de curdos no norte do Iraque.