Última hora

Última hora

A morte do antigo e futuro presidente da Argentina

Em leitura:

A morte do antigo e futuro presidente da Argentina

Tamanho do texto Aa Aa

A Argentina despede-se do antigo e futuro presidente, Nestor Kirchner.

O artífice da recuperação económica do país, depois da crise de 2000, e marido da actual chefe de Estado faleceu ontem aos 60 anos de idade, vítima de um ataque cardíaco.

Uma morte que separa o casal que domina a política argentina nos últimos sete anos. Kirschner deveria voltar a candidar-se à presidência em Outubro do próximo ano.

Em Buenos Aires centenas de pessoas concentraram-se frente à casa rosada, o palácio presidencial, entre as quais as chamadas avós da praça de Maio.

Uma forma de homenagear o homem que reabriu o capítulo obscuro das vítimas da ditadura, para perseguir vários ex-responsáveis em tribunal.

Vários chefes de Estado latino-americanos são esperados esta manhã na capital, entre os quais o venezuelano Hugo Chavez ou o equatoriano Rafael Correa.