Última hora

Última hora

Arménia e Azerbaijão aceitam trocar prisioneiros de guerra

Em leitura:

Arménia e Azerbaijão aceitam trocar prisioneiros de guerra

Tamanho do texto Aa Aa

O governo russo empenhado na resolução do conflito entre o Azerbaijão e a Arménia. Sob a mediação do presidente Dimitri Medvedev os dois países acordaram uma troca de prisioneiros de guerra à margem de um encontro trilateral dedicado à solução do conflito em Nagorno-Karabakh.

Os dirigentes arménios e azeri assinaram uma declaração conjunta onde sublinham que a regularização do conflito através de meios político-diplomáticos exige novos esforços para manter o cessar de fogo e aumentar as medidas de confiança no campo militar.

A troca de prisioneiros e a devolução de corpos de mortos a realizar rapidamente é um primeiro passo a realizar rapidamente através do Grupo de Minsk da OSCE e do Comité Internacional da Cruz Vermelha.

A Rússia, ao lado dos Estados Unidos e da França, tem liderado os esforços para resolver o conflito de Nagorno-Karabakh, surgido com o desmembramento da antiga União soviética.