Última hora

Em leitura:

França: o derradeiro teste à mobilização contra a reforma das pensões


França

França: o derradeiro teste à mobilização contra a reforma das pensões

A mobilização sindical perde o vigor em França depois da aprovação definitiva da reforma das pensões no parlamento.

O país prepara-se para um sétimo dia de greve geral, esta quinta-feira, com uma adesão em queda, dos transportes ao sector energético.

Mas a oposição não desarma e espera ainda fazer pressão sobre o presidente para que não promulgue a lei.

O prolongamento da idade da reforma dos 60 para os 62 anos foi aprovado ontem no parlamento com 336 votos a favor e 233 votos contra.

Os socialistas vão apresentar um recurso junto do conselho constitucional que deverá atrasar a entrada em vigor da lei para meados de Novembro.

Os protestos desta quinta-feira ocorrem em pleno período de férias escolares e quando os líderes sindicais mostram dúvidas em prosseguir a mobilização.

No entanto, sete das doze refinarias do país permanecem encerradas, e a greve de recolha de lixo prossegue em diversas cidades do país.

Sindicatos e oposição parecem resignar-se a adiar os protestos para as presidenciais de 2012, o partido socialista afirmou que anulará a lei caso vença o sufrágio.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Diplomacia americana depende do reforço do mandato de Bush