Última hora

Última hora

Haiti: OMS diz que o pior está para vir

Em leitura:

Haiti: OMS diz que o pior está para vir

Tamanho do texto Aa Aa

A Organização Mundial de Saúde alerta as autoridades haitianas para se prepararem para o “pior cenário”, numa altura em que a epidemia de cólera matou cerca de 300 pessoas.

A OMS teme que a bactéria chegue à capital, Port-au-Prince, onde milhares de pessoas vivem em campos de refugiados desde o sismo de 12 de Janeiro.

O número de doentes ultrapassa os 4000. Mas o coordenador de ajuda humanitária das Nações Unidas, Nigel Fisher, está optimista: “Estou satisfeito com esta primeira semana de resposta. Começámos a verificar uma diminuição das taxas de mortalidade nas pessoas hospitalizadas.”

À cólera, junta-se a ira e o medo, a um mês das eleições presidenciais e legislativas. Um centro dos Médicos Sem Fronteiras foi atacado na terça-feira à noite, na cidade de Saint-Marc, a cem quilómetros da capital. 300 manifestantes atiraram pedras contra os funcionários da organização.

Há quem diga que o protesto contra o hospital deveu-se ao medo da propagação da epidemia com a chegada de um grande número de doentes.