Última hora

Última hora

Líderes europeus concordam em reforma limitada do Tratado de Lisboa

Em leitura:

Líderes europeus concordam em reforma limitada do Tratado de Lisboa

Tamanho do texto Aa Aa

Os dirigentes europeus chegaram a acordo em Bruxelas sobre uma reforma limitada do Tratado de Lisboa para criar um mecanismo permanente de gestão de crises nos países da Zona Euro.

No entanto, a intenção da França e da Alemanha de endurecer a disciplina orçamental da União Europeia, nomeadamente através de sanções aos países incumpridores, continua a contar com a oposição da maioria dos Estados-membros.

As consultas sobre a modificação do tratado – para permitir a perenização de um mecanismo de resgate semelhante ao usado para salvar a Grécia – serão conduzidas pelo presidente da União Europeia e as conclusões serão apresentadas na cimeira de Dezembro.

O correspondente da euronews, Christophe Midol-Monnet, diz que “a bola lançada por Angela Merkel e Nicolas Sarkozy está agora no campo do presidente Herman Van Rompuy. Ele deverá apresentar aos Vinte e Sete pistas realistas para reformar a governação económica. Como pano de fundo, a austeridade orçamental mantêm-se na ordem do dia e a factura poderá caber às próprias instituições europeias”.