Última hora

Última hora

Campanha nos Estados Unidos na recta final

Em leitura:

Campanha nos Estados Unidos na recta final

Tamanho do texto Aa Aa

A poucos dias das intercalares, nos Estados Unidos, a campanha eleitoral prossegue à margem dos últimos incidentes.

Barack Obama esteve em Filadélfia à procura de apoio e pediu a ajuda de todos os voluntários para atingir os objectivos.

“Aquilo que preciso, este fim-de-semana, é que todos os voluntários que estão aqui batam a 20 000 portas. Falem com o máximo de pessoas possível e assegurem-se de que lhes descrevem o futuro que vêm para este país”, pediu Obama.

O Presidente norte-americano participa, ainda hoje, em acções em Nova Iorque e Chicago. Esta última, destino dos explosivos interceptados sexta-feira no Reino Unido e Dubai.

Janet Napolitano, secretária de Segurança Interna dos Estados Unidos afirma que nos últimos anos têm estado atentos à célula da Al-Qaeda no Iémen e que vão continuar a estar. Acrescenta que este caso específico tem a marca da al-Qaeda na península arábica e que vão descobrir a sua fonte.

Os Estados Unidos estão em estado de alerta. Por todo o lado a segurança foi reforçada, principalmente nos aeroportos e no transporte de cargas para o país.