Última hora

Última hora

Istambul procura autores do atentado

Em leitura:

Istambul procura autores do atentado

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do atentado que feriu 32 pessoas, no centro da cidade de Istambul, as autoridades mantêm um dispositivo de socorro e procuram indícios que conduzam à identificação dos autores.
 
Vinte e três pessoas já abandonaram o hospital, mas ainda há cinco feridos em estado crítico.
 
O invólucro do engenho já está na posse na polícia.
 
O Primeiro-ministro diz que estes atentados não desviam a Turquia dos seus objectivos. E os seus autores não vão gozar de qualquer tolerância.
 
“Não vamos tolerar aqueles que apostam no conflito, no país, ameaçando a paz, a segurança e o desenvolvimento. Este tipo de ataques não travam o percurso para alcançarmos os nossos objectivos que são a paz, a fraternidade e o desenvolvimento”
 
A polícia, entretanto, já confirmou que foi encontrado um cadáver masculino, suspeitamente, do bombista suicida.
 
Um taxista disse aos jornalistas que viu esse homem a investir contra um carro da polícia. Teria cerca de 30 anos.
 
A polícia encontrou também uma segunda bomba que não chegou a explodir. Isto dá consistência à suspeita de que houvesse dois bombistas e que um deles fosse mesmo uma mulher. Mas outras testemunhas afirmam ter visto dois homens.