Última hora

Última hora

Sentenciado o único ocidental em Guantánamo

Em leitura:

Sentenciado o único ocidental em Guantánamo

Tamanho do texto Aa Aa

O mais jovem detido, e único ocidental em Guantánamo, o canadiano Omar Kadhr foi condenado a 40 anos de prisão, mas um acordo judicial parece mostrar mais clemência.

Omar Kadhr, acusado de ter morto um soldado americano em batalha no Afeganistão, quando tinha 15 anos, foi julgado por um tribunal militar.

Mas Khadr, que desde então está em Guantánamo, não terá de cumprir esta pena, devido a um acordo judicial. Khadr, que passou oito anos preso, desde que foi capturado deu-se como culpado de todas as acusações.

Segundo a imprensa, o acordo prevê um máximo de oito anos de prisão, um em Guantánamo e os restantes no Canadá, mas a sua transferência para o país depende da vontade do Governo de Otava.