Última hora

Última hora

Vítimas de pedofilia protestam no Vaticano

Em leitura:

Vítimas de pedofilia protestam no Vaticano

Tamanho do texto Aa Aa

Manifestação às portas do Vaticano contra os escândalos de pedofilia na Igreja Católica.
Cerca de cinquenta vítimas, vindas dos quatro cantos do mundo, reuniram-se para uma marcha em direcção à Praça de São Pedro. A polícia barrou-lhes a entrada.

O protesto foi organizado por grupos internacionais de vítimas de pedofilia no seio da Igreja. É o caso do norte-americano Survivors Voice, cujo fundador foi recebido pelo porta-voz do Vaticano. Mas Bernie McDaid não saiu convencido.

“Honestamente, não correu bem. É sempre a mesma conversa, do tipo ‘não sei como posso ajudá-lo, é um problema maior do que imaginámos, queremos ajudar’ “, criticou McDaid.

Sue Cox também faz parte do Survivors Voice e diz que a reunião foi uma visita de mera formalidade. “Sem dúvida vão congratular-se por terem recebido as pessoas, mas não vão fazer nada até mudarem completamente”, critica.

O porta-voz do Vaticano, Federico Lombardi, tentou aproximar-se dos manifestantes, mas foi recebido com gritos de “tenha vergonha” e “basta”.

O grupo Survivor’s Voice organizou uma petição para que a ONU declare a pedofilia sistemática como um crime contra a humanidade.