Última hora

Última hora

Khodorkovski acusa Putin no fim do processo onde é julgado

Em leitura:

Khodorkovski acusa Putin no fim do processo onde é julgado

Tamanho do texto Aa Aa

Chegou ao fim o segundo processo contra o antigo patrão da petrolífera Yukos, julgado num tribunal de Moscovo por fraude e evasão fiscal.

Nas últimas declarações antes do veredicto previsto para 15 de Dezembro, Mikhail Khodorkovski disse que não quer “morrer na cadeia”.

O arguido voltou a declarar-se inocente e reafirmou que este processo é uma vingança política do primeiro-ministro russo Vladimir Putin.

Os advogados ainda acreditam num volte-face: “Temos esperança que se tome uma decisão justa, mas acho que não temos hipóteses”, diz Vladimir Krasnov, advogado de Khodorkovsky.

Khodorkovski encontra-se a cumprir desde 2003 uma pena de prisão de oito anos.

Com este segundo processo o antigo magnata russo arrisca-se a ficar atrás das grades até 2017.