Última hora

Última hora

Pacote-bomba na sede do Governo alemão

Em leitura:

Pacote-bomba na sede do Governo alemão

Tamanho do texto Aa Aa

Um pacote armadilhado chegou, esta terça-feira, à sede do Governo alemão.

A existência de explosivos na encomenda endereçada a Angela Merkel já foi confirmada por fontes próximas do executivo.

Na altura, a chanceler alemã não se encontrava no edifício. O embrulho tinha como remetente o Ministério da Economia da Grécia.

Horas antes, a polícia interceptou um pacote bomba com destino à embaixada alemã em Atenas.
Mas esta foi, apenas, uma das cinco representações diplomáticas sediadas na Grécia que, esta terça-feira, receberam encomendas armadilhadas.

As embaixadas da Suíça e da Bulgária foram as primeiras a dar o sinal de alerta. Seguiu-se a representação russa e chilena.

As brigadas de minas e armadilhas gregas detonaram e neutralizaram vários embrulhos.

O Governo já condenou os actos que “atentam contra a tranquilidade pública” e felicitou a acção da polícia que levou à detenção de dois suspeitos.
O porta-voz do executivo grego garante que as investigações vão continuar.

Os incidentes ocorrem um dia depois de terem sido interceptados pacotes armadilhados endereçados ao Presidente francês, Nicolas Sarkozy, e a três embaixadas estrangeiras: da Holanda, Bélgica e México.

Os dois suspeitos foram, entretanto, presentes a um juiz.