Última hora

Última hora

Al-Qaida ameaça alvos cristãos

Em leitura:

Al-Qaida ameaça alvos cristãos

Tamanho do texto Aa Aa

A Al-Qaida no Iraque diz que os cristãos passaram a ser “alvos legítimos” dos guerrilheiros moujahidine.

A informação é avançada pelo Centro Americano de Vigilância de Sites Islamitas, que revela que a organização concretizou as ameaças uma vez terminado o ultimato à igreja copta do Egipto, para libertar duas mulheres convertidas ao islamismo.

De acordo com a Al-Qaida, as mulheres estarão presas num mosteiro e a organização já fez saber que tenciona continuar a luta. Declarações alarmantes, tanto mais que ontem pelo menos 76 pessoas, de acordo com uma fonte do ministério iraquiano do Interior, morreram numa série de ataques em áreas xiitas de Bagdade.

“Não dormimos nada desde ontem. Estamos muito tristes. Porque é que os mais jovens têm de morrer? Que culpa têm?”, pergunta Um Yasser, uma habitante de Sadr City, no Iraque.

O envolvimento da Al-Qaida nos ataques desta terça-feira ainda está por confirmar. No entanto, o rapto de cerca de cem fiéis este domingo, numa Igreja católica em Bagdade foi reivindicado pelo Estado Islâmico do Iraque, um grupo vinculado à organização.

O sequestro e as operações de resgate que se seguiram provocaram a morte a mais de 50 pessoas, entre fiéis e elementos das forças de segurança.