Última hora

Última hora

Grécia suspende envio de correio devido às encomendas explosivas

Em leitura:

Grécia suspende envio de correio devido às encomendas explosivas

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia vai suspender o transporte aéreo de correio para o estrangeiro até sexta-feira. O objectivo é verificar se há mais embrulhos armadilhados, depois da descoberta de uma série de pacotes-bomba endereçados a políticos e instituições europeias.

Na noite desta terça-feira, no aeroporto italiano de Bolonha, foi encontrado um pacote suspeito num avião proveniente da Grécia, endereçado ao primeiro-ministro Silvio Berlusconi.

Na Alemanha, uma encomenda idêntica foi descoberta na estação de correios da sede do Governo. Dirigia-se a Angela Merkel.

O ministro alemão do Interior, Thomas de Maiziere, confirmou que o pacote tinha realmente material explosivo e que foi enviado há dois dias da Grécia por um remetente grego.

Duas outras encomendas foram encontradas no aeroporto de Atenas ao início da noite de terça. Os pacotes destinavam-se à agência europeia Europol, na Holanda, e ao Tribunal Europeu de Justiça, no Luxemburgo.

Praticamente todas as embaixadas em Atenas receberam pacotes-bomba. Esta terça-feira, dois explodiram, sem fazer vítimas, nas representações da Suíça e da Rússia. O edifício onde estão as embaixadas de Portugal e da Noruega foi evacuado após ter sido detectado outro embrulho suspeito.

Na segunda-feira, foi encontrada uma encomenda armadilhada endereçada ao presidente francês. O pacote estava nas mãos dos dois suspeitos detidos. Os jovens de 22 e 24 anos são acusados de actos terroristas e de pertencerem a um grupo terrorista. Podem incorrer numa pena mínima de 25 anos de prisão.