Última hora

Última hora

Metro de Londres a meio gás

Em leitura:

Metro de Londres a meio gás

Tamanho do texto Aa Aa

Os trabalhadores do metropolitano de Londres estão em greve durante 24 horas.

Esta é a terceira paralisação desde Setembro em sinal de protesto contra a supressão de 800 postos de trabalho.

Os sindicatos garantem que a paralisação está a mobilizar uma grande parte dos trabalhadores
para desespero dos utentes.

“Penso que é uma acção demasiado severa e que vão perder o apoio da população” afirma um utente.

“A actual situação financeira é difícil para todos, mas não temos escolha senão ceder quando fazem greve” refere uma londrina.

Para reduzir o défice público, o governo do Reino Unido vai reduzir em 19% os orçamentos das autarquias ao longo de cinco anos.

O presidente da câmara de Londres colocou, entretanto, à disposição dos utilizadores mais bicicletas, autocarros e barcos.

Os sindicatos já anunciaram uma nova greve para o final do mês.