Última hora

Última hora

Barack Obama não evita onda republicana

Em leitura:

Barack Obama não evita onda republicana

Tamanho do texto Aa Aa

Obama empenhou-se nestas eleições para tentar minimizar os efeitos da avalancha republicana.

Na véspera do escrutínio, foi a Filadélfia pedir ao eleitorado o mesmo empenho que, há dois anos, garantiu a sua eleição para a Casa Branca.

A falta de soluções para a economia provocou uma fuga do eleitorado, para o lado conservador. 500 mil desempregados é o pior indicador da maior economia do mundo.

O Capitólio, a partir de agora, pode transformar-se na casa dos horrores, para Obama.

A onda republicana tornou-se imparável e superou até as sondagens.

Os republicanos já ultrapassaram, em muito, os 218 mandatos que garantem a maioria absoluta.

A partir de agora, Obama terá de procurar consensos o que não vai ser fácil.

Os republicanos querem usar esta maioria para forçarem um mudança de rumo.

No Senado, os democratas resistiram. Mantêm a maioiria, com 51 lugares.

Os republicanos cresceram, elegeram mais cinco senadores. Têm até agora 47 mandatos.