Última hora

Última hora

Nova erupção do Merapi obriga a deslocar indonésios

Em leitura:

Nova erupção do Merapi obriga a deslocar indonésios

Tamanho do texto Aa Aa

Pela quarta vez em oito dias, o vulcão do Monte Merapi, na Indonésia, voltou a entrar em erupção.

Depois de uma semana de actividade intensa que casou a morte de 38 pessoas, o “Montanha de Fogo”, como é denominado localmente este vulcão, voltou a ganhar força ameaçando a ilha de Java.

Até ao momento, as autoridades ainda não confirmaram a existência de novas vítimas mortais ou feridos.

“Desde ontem à tarde, o Monte Merapi tem estado a expelir cinzas e nuvens de até 6.5 quilómetros de altura. Também está a expelir detritos e materiais volumosos que caíram nas imediações”, diz R. Sukhyar, da Agência Geológica do Ministério da Energia e dos Recursos Minerais.

Nesta altura, cerca de 70 mil pessoas estão a viver em alojamentos temporários.

Perante as ameaças, as autoridades alargaram o perímetro de segurança e foram obrigadas a deslocar os abrigos para lugares mais afastados.

O Merapi é um dos 129 vulcões activos com maior intensidade na Indonésia, do qual há registo de ter entrado em erupção perto de 70 vezes desde meados do século XVI, numa média de quatro em quatro anos.