Última hora

Última hora

Passageiros de Airbus A380 da Qantas Airways respiram de alívio

Em leitura:

Passageiros de Airbus A380 da Qantas Airways respiram de alívio

Tamanho do texto Aa Aa

Golpe de sorte para muitos, os passageiros que seguiam a bordo do Airbus A380 da Qantas Airways com destino a Sidney, recuperam do susto em Singapura.

No aeroporto de Changi, onde aterrou de emergência, o avião foi cercado por veículos de apoio, enquanto os passageiros iniciavam o desembarque.

De acordo com a companhia aérea, o aparelho pode voar com apenas duas turbinas em funcionamento, mas a explicação não convence aqueles que viveram o pesadelo.

“Para dizer a verdade acho que tivemos muita sorte, porque podia ter ido para o depósito de combustível. Por isso, podia ter sido bem pior. Mas só quando saímos do avião nos pudemos aperceber. Olhámos para debaixo do avião e podia-se ver a parte detrás do motor”, diz Neil Shepard, um passageiro.

O maior avião de passageiros do mundo já deu outros sinais de alarme. Em Março, dois pneus de um Airbus A380, também da companhia aérea Qantas, rebentaram durante a aterragem no aeroporto de Sidney, na Austrália.

Em Setembro de 2009, um Airbus A380 da Singapore Airlines teve que regressar ao aeroporto Roissy-Charles de Gaulle de Paris por causa de um problema num dos quatro motores.

Actualmente há 37 Airbus A380 ao serviço das companhias Singapore Airlines, Qantas, Emirates, Lufthansa e Air France.