Última hora

Última hora

Acordos multimilionários na visita de Hu Jintao a Paris

Em leitura:

Acordos multimilionários na visita de Hu Jintao a Paris

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente chinês Hu Jintao chegou a França com uma lista de compras multimilionária.

Pouco depois de ser recebido no Palácio do Eliseu pelo homólogo, Nicolas Sarkozy, vários ministros e chefes de empresas assinaram acordos entre os dois países de um montante superior a 14 mil milhões de euros.

A francesa Areva vai construir uma unidade de tratamento de combustível nuclear e fornecer urânio à China. O grupo aeronáutico europeu Airbus obteve uma encomenda de 102 aviões para várias transportadoras chinesas.

Numa visita destinada a confirmar a reaproximação, Sarkozy obteve obteve ainda o apoio de Pequim à agenda para a presidência francesa do G20.

A associação Repórteres Sem Fronteiras aproveitou a ocasião para se manifestar pela libertação do dissidente chinês e prémio Nobel, Liu Xiaobo.

Várias ONGs acusam Paris de descartar a defesa dos direitos humanos em prol dos interesses económicos.

Junto à torre Eiffel, uma centena de pessoas manifestaram-se pelos direitos dos tibetanos e da minoria Uighur na China.