Última hora

Última hora

Duas companhias aéreas deixam Airbus A380 em terra

Em leitura:

Duas companhias aéreas deixam Airbus A380 em terra

Tamanho do texto Aa Aa

Os Airbus A380 das companhias aéreas Singapore Airlines e a australiana Qantas vão ficar em terra até novas ordens.

Uma decisão tomada na sequência da explosão num dos motores do avião da Qantas Airways que,
esta quinta-feira, foi obrigado a efectuar uma aterragem de emergência, em Singapura.

O fabricante britânico, Rolls Royce, responsável pelos motores recomendou, entretanto, a realização de testes e prometeu colaborar no inquérito para apurar as causas da avaria.

Até ao momento ninguém sabe ao certo o que se passou. A bordo seguiam mais de 469 pessoas.

O incidente não provocou feridos, mas os passageiros não ganharam para o susto:

“Ouvimos uma explosão. Primeiro pensámos que era a turbulência. Olhámos uns para os outros à espera que passasse. Cinco segundos depois voltámos a ouvir uma explosão muito mais forte. Parecia uma bomba. Algumas pessoas dizem ter visto relâmpago.”

O Airbus A380 partiu de Singapura com destino a Sydney, na Austrália. O incidente ocorreu quando o avião sobrevoava a Indonésia.

Um canal de televisão local transmitiu imagens de pedaços de metal, que se julga pertencerem a um reactor do aparelho.