Última hora

Última hora

Desemprego desce nos EUA

Em leitura:

Desemprego desce nos EUA

Tamanho do texto Aa Aa

O desemprego nos Estados Unidos esteve a descer pela primeira vez em cinco meses.
 
Segundo os dados publicados agora pelo departamento do Trabalho,a economia norte-americana criou 150.000 empegos no mês de Outubro. Foi um ganho superior às previsões, que apontavam para metade desse valor.
 
A taxa de desemprego mantém-se estável em relação ao mês anterior, a 9,6%. É uma taxa de desemprego que dura desde Agosto.
 
Nesta segunda metade do ano, a taxa de desemprego norte-americana tem tido poucas variações, sempre próxima deste valor.
 
A maior economia do mundo tarda a dar sinais fortes de recuperação. Apesar desta melhoria no mercado de emprego, os números estão longe de ser satisfatórios.
 
A má situação económica é uma das razões que levaram Barack Obama a ser punido nas urnas. O presidente vai agora ter de coabitar com uma Câmara dos Representantes dominada pelo Partido Republicano e vai ter maior dificuldade em passar as reformas: “Acabámos de passar uma lei de ajuda às PME, baseada nas ideias de ambos os partidos. Estou aberto a todas as ideias, todas as propostas, vamos fazer tudo para fazer a economia crescer mais depressa e para que quem quer trabalho o encontre mais depressa”, disse o presidente.
 
Ao mesmo tempo, os salários não aumentam, o consumo das famílias está a estagnar e a inflação desce. Todo este cenário fez a Reserva Federal dar um novo empurrão à economia na quarta-feira, quando decidiu injectar 600 mil milhões de dólares, através da compra de obrigações do Tesouro.