Última hora

Última hora

Rússia: presidente Medvedev promete punir agressores de jornalista

Em leitura:

Rússia: presidente Medvedev promete punir agressores de jornalista

Tamanho do texto Aa Aa

O jornalismo continua a ser uma profissão de alto risco na Rússia.

Oleg Kashin, responsável da secção de política do jornal russo Kommersant, encontra-se em estado de coma depois de ter sido violentamente agredido em Moscovo.

Kashin foi espancado por desconhecidos à entrada de casa. Uma agressão que estará directamente ligada ao trabalho do jornalista político, segundo os responsáveis do quotidiano Kommersant.

As autoridades russas abriram um inquérito ao sucedido e o presidente Dmitry Medvedev garantiu que vai punir os responsáveis.

Uma promessa acolhida com alguma reserva pelos grupos de defesa dos direitos humanos. Dezanove jornalistas foram assassinados na Rússia nos últimos 10 anos, entre os quais a voz mais crítica do Kremlin, Anna Politkovskaya. Até hoje nenhum dos crimes foi elucidado.

Oleg Kashin era apontado como próximo da oposição russa, tendo coberto as manifestações contra a destruição de uma floresta, nos arredores de Moscovo, em 2008.