Última hora

Última hora

O Vesúvio já não é a maior ameaça para Pompeia

Em leitura:

O Vesúvio já não é a maior ameaça para Pompeia

Tamanho do texto Aa Aa

A negligência das autoridades napolitanas parece ser uma ameaça maior para Pompeia do que a erupção do Vesúvio há mais de 1900 anos.

O desmoronamento de uma das casas do monumento arqueológico, registado ontem, abriu um virulento debate em Itália, sobre a falta de manutenção de alguns edifícios históricos.

A zona que circunda a chamada “casa dos gladiadores” foi encerrada ao público, por razões de segurança.

Para o director dos museus do Vaticano, “se Pompeia estivesse noutras regiões de Itália com mais meios, talvez não estivesse nesta situação de abandono e seria uma das zonas arqueológicas mais importantes do mundo, um recurso turístico importante e um sítio fantástico para ser estudado”.

Segundo os responsáveis do monumento, o desmoronamento ter-se-ia devido a uma infiltração nas paredes da casa, renovada nos anos 50 assim como a maioria dos edifícios.

A imprensa italiana apontava culpas aos cortes nas despesas de manutenção dos monumentos históricos levada a cabo pelo governo de Silvio Berlusconi.