Última hora

Última hora

Chrysler optimista apesar dos prejuízos

Em leitura:

Chrysler optimista apesar dos prejuízos

Tamanho do texto Aa Aa

A Chrysler perdeu 453 milhões de dólares, ou seja, 325 milhões de euros, nos primeiros nove meses do ano.

O anúncio foi feito esta segunda-feira pelo terceiro maior fabricante de automóviles dos Estados Unidos, agora parte do império Fiat.

Apesar deste prejuízo, o presidente executivo do grupo, Sergio Marchionne, explicou que estes resultados não só cumprem o que estava previsto pela companhia, como até superam os objectivos financeiros que a Chrysler fixou para este ano.

Marchionne, que é também presidente da Fiat, disse que o êxito da empresa depende dos novos modelos que vai lançar e recordou que durante os últimos 16 meses foi lançada a produção de 16 modelos novos ou renovados, como o Jeep Grand Cherokee 2011 ou o Fiat 500.