Última hora

Última hora

Socialistas gregos lideram nas eleições regionais

Em leitura:

Socialistas gregos lideram nas eleições regionais

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro-ministro grego superou mais uma prova de fogo e ao que tudo indica não precisará de dissolver o Parlamento, como havia ameaçado em caso de derrota.

Os socialistas do PASOK, o partido no poder, lideram nas eleições regionais deste domingo. De acordo com uma projecção parcial oficial estão à frente em sete regiões num total de 13.

São boas notícias para George Papandreou, que poderá conservar o cargo depois de adoptar duras medidas de austeridade.

“O povo grego deu-nos o poder há um ano atrás para operarmos esta mudança e hoje confirmaram mais uma vez que querem mudar. Amanhã vamos continuar a nossa missão”, garantiu o primeiro-ministro grego.

Os resultados preliminares permitem afastar o cenário de crise política.

Apesar de 80 por cento da população rejeitar eleições antecipadas, a taxa de abstenção rondou os 45 por cento.

Tudo indica que os conservadores, na oposição, conquistaram as duas principais cidades, Atenas e Salónica.

“Aqueles que votaram, a maioria condenou as políticas de Papandreou. Os que ficaram de fora rejeitaram a sua chantagem eleitoral”, disse Antonis Samaras, líder do partido Nova Democracia, na oposição.

Apesar da vantagem do partido de George Papandreou, os gregos continuam descontentes com as políticas do actual Governo para reduzir a dívida pública e o défice de forma a cumprir com as exigências do Fundo Monetário Internacional a troco de um crédito de 110 mil milhões de euros.