Última hora

Última hora

Comboio nuclear concluiu viagem de 5 dias em direcção à Alemanha

Em leitura:

Comboio nuclear concluiu viagem de 5 dias em direcção à Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

A polícia alemã limpou estradas bloqueadas e afastou os milhares de manifestantes que procuravam impedir que o comboio com lixo nuclear, que saiu da França, chegasse ao depósito de resíduos nucleares de Gorleben, na Alemanha.

“O último camião já entrou nas instalações.
O nosso resumo é que os protestos foram em grande parte pacíficos, a polícia foi capaz de limpar os bloqueios de forma harmoniosa e pensamos que a nossa missão correu muito bem.” Declarou o porta-voz da Polícia alemã, Torsten Henkel.

A chegada dos camiões aconteceu esta terça-feira, com um dia de atraso, depois da polícia afastar os restantes 3 mil activistas que tentavam impedir a entrega dos contentores de lixo nuclear.

Segundo as organizações ecologistas a operação de protesto foi um sucesso pois provocou o maior atraso de sempre em transito de lixo nuclear. E, este fim-de-semana juntou 50 mil manifestantes em Dannenberg , naquela que é apontada como a maior concentração antinuclear em 3 décadas.

“Acho que temos de ser nós os cidadãos a ter o controle nas mãos, e não deixar o assunto para os políticos em quem não podemos confiar mais.
Temos o direito de lutar pelas energias renováveis. Temos o direito, porque é a nossa energia e nossas vidas dependem dela. “ Considerou a manifestante Sarah Bies.

Os manifestantes, a quem se juntaram legisladores do ressurgente Partido dos Verdes, da oposição germânica, receiam que o depósito provisório, na mina de sal abandonada, possa trasformar-se numa lixeira permanente; o que segundo a organização Greenpeace seria geológicamente inseguro a longo termo.