Última hora

Última hora

Inundações arrasam zonas rurais de Itália

Em leitura:

Inundações arrasam zonas rurais de Itália

Tamanho do texto Aa Aa

Em Itália, as fortes chuvas que se abateram sobre o país continuam a não dar tréguas. A força das águas fez transbordar o rio Sele, importante para a região da Campânia, no sul.

Aqui, as inundações obrigaram centenas de pessoas a sair de casa. 500 mil habitantes estão sem água própria para consumo.

Na província de Salerno, uma conduta de água que abastece mais 14 comunas cedeu. A Protecção Civil tenta assegurar o aprovisionamento ao mesmo tempo que se iniciou uma corrida aos supermercados.

As culturas próprias da época estão submersas. Um cenário idêntico ao que se vive em Veneto, no nordeste de Itália, onde várias quintas foram arrasadas, com prejuízos astronómicos para os produtores locais.

Florindo Zancanella foi uma das vítimas. Perdeu 20 mil galinhas: “Ouvimos cacarejar e momentos depois houve um silêncio mortal. Percebi que tudo tinha acabado. Senti frio”, desabafa o agricultor.

Face à dimensão dos estragos, o primeiro-ministro italiano prometeu uma ajuda de 300 milhões de euros para a região de Veneto.

Aqui as inundações provocaram a morte a três pessoas e sinistraram 500 mil.

O presidente da região, membro da Liga do Norte, aliada de Silvio Berlusconi, agradeceu o apoio do chefe de Governo.