Última hora

Última hora

Trio da presidência bósnia em busca de um destino comum

Em leitura:

Trio da presidência bósnia em busca de um destino comum

Tamanho do texto Aa Aa

Os três presidentes da Bósnia-Herzegovina tomaram posse esta quarta-feira.

Em discursos separados mostraram pontos de vista comuns sobre a adesão do país à União Europeia e à NATO, mas com calendários e fórmulas diferentes.

Para os lideres bósnio e croata devem ser dados passos decisivos nesse sentido; o lider sérvio pede paciência para que sejam encontrados pontos de convergência.

O representante sérvio na presidência tripartida, usou mesmo um tom crítico: “A Europa deveria dar-nos conselhos e ajudar-nos, oferecer-nos soluções múlltiplas de acordo com o standards europeus e não impor-nos soluções definitivas e depois servir de árbitro entre nós”.

Menos acintoso o eleito pela Bósnia, considerou que “todos na região estão interessados no avanço do processo de adesão à União Europeia” e que ele “só é possível com a cooperação regional entre as entidades que partilham fronteiras”.

Mas o caminho pode ainda ser longo. Desde o fim da guerra, em 1995, a Bósnia foi dividida em três entidades.

A União Europeia impõe como condição a reforma do governo com mais poder para as instituições centrais, o que está longe de agradar aos sérvios.