Última hora

Última hora

Ariel Sharon regressa a casa por uns dias

Em leitura:

Ariel Sharon regressa a casa por uns dias

Tamanho do texto Aa Aa

Ariel Sharon foi levado, esta sexta-feira, para a sua quinta de Sycamore, no deserto de Negev. O antigo primeiro-ministro israelita – em coma há quase cinco anos – vai ficar em casa até domingo. Trata-se de um teste antes de uma instalação definitiva.

Segundo o director de reabilitação do Centro Médico de Sheba, a transferência poderá ser benéfica, ainda que não acredite em enormes melhorias.

De acordo com um comunicado do hospital, a transferência foi pedida pelos dois filhos do ex-primeiro-ministro israelita.

Sharon sofreu um derrame cerebral em Janeiro de 2006 que o deixou num estado vegetativo. Era chefe de Governo desde 7 de Março de 2001. É recordado como o primeiro-ministro israelita que ordenou a retirada de Gaza em 2005, mas também como o impulsionador do muro de segurança construído na Cisjordânia.

Foi condenado internacionalmente pelo seu papel na invasão do Líbano em 1982, quando era ministro da Defesa. Um cargo do qual foi afastado por não ter impedido o massacre de Sabra e Chatila. Estima-se que até 3500 palestinianos tenham sido mortos pelas milícias Falangistas a 16 de Setembro de 1982.