Última hora

Última hora

Aumenta a tensão no Kosovo

Em leitura:

Aumenta a tensão no Kosovo

Tamanho do texto Aa Aa

As tensões interétnicas entre albaneses e sérvios, no norte do Kosovo, estão a deteriorar-se.
Segundo as nações Unidas, existe a possibilidade de um aumento da violência na zona.

Lamberto Zannier, enviado especial da ONU para a região, diz ser necessário promover o diálogo entre Belgrado e Pristina. Diálogo esse, que deve ser patrocinado pela União Europeia.
“A estabilidade e a prosperidade, a longo prazo, do Kosovo estão indissociavelmente ligadas à dos seus vizinhos. A participação é fundamental para o desenvolvimento necessário e para assegurar a paz duradoura na região, na esperança de um futuro melhor para a sua população,” conclui.

O Kosovo atravessa a mais grave crise política, desde a declaração da independência, em 2008.
12 de Dezembro é a data para as eleições legislativas antecipadas, convocadas após a votação no Parlamento de uma moção de censura ao governo do primeiro-ministro, Hashim Thaci.

Belgrado defende que não estão reunidas condições para que os sérvios do Kosovo possam participar no escrutínio. O governo de Pristina afirmou que as eleições serão “livres, justas e reflectirão a vontade dos cidadãos do Kosovo”.