Última hora

Última hora

Cólera avança no Haiti.

Em leitura:

Cólera avança no Haiti.

Tamanho do texto Aa Aa

A epidemia provocou já cerca de 800 mortos e mais de 12 mil pessoas foram internadas. Segundo dados da Organização das Nações Unidas, cerca de 200 mil haitianos correm o risco de ficarem infectados.

A epidemia está a propagar-se com uma rapidez nunca antes vista, o que está e sobrecarregar as unidades hospitalares do país, como verifica membro dos Médicos Sem Fronteiras, Fançoise Gyrone. “Verificamos um aumento significativo no número de pacientes aqui. Quase que duplica de dia para dia. Assim devido às limitações de espaço, neste hospital, temos de garantir que as pessoas podem ser enviadas para outro lugar onde lhes possamos proporcionar um melhor atendimento “.

Mais de três milhões de pessoas vivem na capital, Port-au-Prince, dos quais mais de um milhão em acampamentos com condições sanitárias muito precárias, desde o sismo de 12 de Janeiro. Agravadas pelas inundações recentes, provocadas pela passagem do furacão Tomas.

Cinco dos dez departamentos do país apresentam casos de cólera. A ONU estima que em poucos meses a epidemia atingirá a totalidade do território, ameaçando atingir a vizinha República Dominica.

Para evitar esse cenário as Nações Unidas lançaram um apelo para obter fundos urgentes, no total de 120 milhões de euros.