Última hora

Última hora

Austeridade vai a votos na segunda volta das eleições locais gregas

Em leitura:

Austeridade vai a votos na segunda volta das eleições locais gregas

Tamanho do texto Aa Aa

O governo grego volta a testar o apoio da população às medidas de austeridade económica, durante a segunda volta das eleições locais.

Os socialistas, no poder, esperam repetir a ligeira vantagem da primeira volta, em 6 das 13 regiões do país, para evitar uma crise política.

O primeiro-ministro George Papandreou ameaçou dissolver o governo e convocar eleições antecipadas, caso seja derrotado. Os conservadores do partido da Nova Democracia, apelaram, por seu lado, a um voto contra o plano de rigor do governo.

O primeiro-ministro George Papandreu não exclui a possibilidade de efectuar novos cortes orçamentais para 2011, num momento em que o défice grego poderá situar-se nos 15%, dois pontos acima das estimativas iniciais.

Os primeiros resultados das eleições deverão ser conhecidos ao final da tarde, horas antes da chegada a Atenas de uma delegação da União Europeia e do FMI que deverá decidir a atribuição de um terceiro pacote de ajudas económicas a Atenas de 9 mil milhões de euros.