Última hora

Última hora

China cresce a um ritmo perigoso para o planeta

Em leitura:

China cresce a um ritmo perigoso para o planeta

Tamanho do texto Aa Aa

Se o mundo inteiro gastasse os recursos e produzisse resíduos ao ritmo que a China o faz, um só planeta Terra não seria duficiente para a população existente.

A conclusão é o Fundo Mundial para a Protecção da Natureza (WWF) que apresentou um estudo com dados relativos à forma como a China utilizou os recursos naturais até ao ano de 2007.

A representante chinesa no WWF explica o quadro:
“Em 2003, se toda a gente vivesse como os chineses, a Humanidade precisaria apenas de 80% do planeta Terra. Mas, no curto período entre 2003 e 2007 – os dados mais recentes que temos são de 2007 – vimos um crescimento de 50% nos efeitos da acção da Chine sobre o planeta. Isto mostra um ritmo de crescimento muito rápido e se o desenvolvimento continua a avançar a este ritmo, não poderá ser sustentável”.

Para o director do WWF, que apresentou os dados em Pequim, é crucial que a China enfrente seriamente questões como as emissões de dióxido de carbono e o desenvolvimento urbano.

O crescimento económico da China, que continua a assentar na exploração do carvão, é o tema chave das discussões internacionais sobre as mudanças climáticas.