Última hora

Última hora

Nova suspeita de favoritismo recai sobre Eric Woerth

Em leitura:

Nova suspeita de favoritismo recai sobre Eric Woerth

Tamanho do texto Aa Aa

O antigo ministro do Trabalho francês, Eric Woerth está de novo sob a alçada da justiça.

Um dia depois de ter deixado o Governo de Nicolas Sarkozy, um procurador francês ordenou um inquérito contra Woerth envolvendo a venda de terrenos com contornos duvidosos.

Para investigar possível favoritismo e conflito de interesses o processo foi atribuído ao Tribunal de Justiça da República, órgão responsável por avaliar crimes cometidos por ministros.

“O inquérito é bem-vindo permitindo pôr fim às hipóteses, suspeitas e rumores sobre a venda de terrenos aos Estado realizada dentro da legalidade”, disse Jean-Yves Leborgne, advogado de Eric Woerth.

O nome do ex-ministro volta à ribalta depois de meses sob acusação por tráfico de influência como figura central do escândalo político-financeiro “L’Oréal – Liliane Bettencourt”. Um caso que indicia financiamentos ilegais de campanhas da UMP contra alegados benefícios fiscais a favor da herdeira do império de cosméticos.