Última hora

Última hora

Presidente iraquiano recusa-se a assinar execução de Tareq Aziz

Em leitura:

Presidente iraquiano recusa-se a assinar execução de Tareq Aziz

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente iraquiano diz que jamais assinará a ordem de execução de Tareq Aziz, antigo vice-primeiro-ministro de Saddam Hussein.

No mês passado, o Supremo Tribunal do Iraque condenou Tareq Aziz à morte por enforcamento, por ter perseguido partidos islâmicos durante a ditadura.

Aziz era uma das caras mais conhecidas do governo de Saddam. O Vaticano e a Rússia pediram ao Iraque para não executar o antigo vice-primeiro-ministro, devido à idade e aos problemas de saúde.

O presidente do Iraque afirmou, quarta-feira, que não assinará a ordem de execução, porque é socialista. Jalal Talabani disse que simpatiza com Aziz porque ele é um “iraquiano cristão”, e, porque acima de tudo, “já é idoso, tem mais de 70 anos”.

Um advogado iraquiano disse que Aziz não pode ser morto por enforcamento, sem Talabani assinar a ordem de execução.