Última hora

Última hora

Caso de corrupção ensombra Sarkozy

Em leitura:

Caso de corrupção ensombra Sarkozy

Tamanho do texto Aa Aa

Nicolas Sarkozy pode ter de prestar contas sobre o atentado que em 2002 matou 15 franceses em Karachi, no Paquistão.

Esse é o objectivo dos familiares das vítimas que querem ver como testemunhas o chefe de Estado francês, o antigo Presidente e o ex-chefe de Governo.

Por trás do atentado, na altura atribuído à Al-Qaeda, está um esquema de corrupção e financiamento político ilegal que remonta a 1994.

Os actos de corrupção através de retro comissões foram confirmados em Tribunal pelo antigo ministro da Defesa, Charles Millon.

Em jogo estava a venda de três submarinos. Em causa não estão os subornos para ganhar o concurso, mas o facto de uma parte do dinheiro voltar a França onde era distribuído por políticos envolvidos no negócio como é o caso do antigo primeiro-ministro, Edouard Balladur.

Sarkozy era na altura responsável pela pasta do Orçamento.

Com a chegada de Jacques Chirac ao poder, os pagamentos ao Paquistão foram cancelados e a hipótese do atentado em 2002 ter sido uma retaliação ganha, agora, força.