Última hora

Última hora

NATO:Activistas contra guerra do Afeganistão

Em leitura:

NATO:Activistas contra guerra do Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Cerca de cem activistas anti-NATO simularam, esta quinta-feira, os efeitos de um ataque aéreo, manifestando-se assim contra a guerra no Afeganistão.

A plataforma portuguesa Antiguerra, Anti-NATO e outros grupos internacionais, ocuparam o largo em frente à estação de comboios do Rossio, em Lisboa.

Em plena baixa da capital portuguesa, os activistas quiseram mostrar como todos os dias morrem pessoas naquele país asiático.

“Morreram muitas pessoas nesta guerra.

A NATO está no Afeganistão há nove anos e o número de mortos – soldados e civis – está a aumentar. Por exemplo, em 2010 atingimos já o maior número de mortos”, afirmou um dos organizadores da manifestação.

Este protesto, em vésperas da cimeira, ocorreu pacificamente mas sobre o olhar atento da PSP.

Para o sábado, a polícia portuguesa espera cerca de 20 mil manifestantes anti-NATO, em protestos por toda a capital portuguesa.