Última hora

Última hora

Dissidentes renderam-se em Madagáscar

Em leitura:

Dissidentes renderam-se em Madagáscar

Tamanho do texto Aa Aa

Terminou, sem quaisquer mortos ou feridos, a tentativa de golpe de Estado em Madagáscar.

Os soldados revoltosos, aquartelados desde quarta-feira numa base junto à capital, Antananarivo, ameaçavam derrubar o Governo, mas acabaram por se render após uma operação do Exército para neutralizar o motim.

O presidente da ilha, Andry Rajoelina, tinha prometido a repressão de qualquer insurgência, insistindo para se evitar um derrame de sangue.

A revolta ocorreu esta quarta-feira, quando Rajoelina realizou um referendo para legitimar o mandato. Acabou por esbarrar na oposição dos antigos aliados dos generais que tomaram o poder em Madagáscar.

Com 36 anos, o presidente de Madagáscar, o mais jovem de África, chegou ao poder por meio de um golpe militar em Março de 2009.